Seguidores

ABENÇOE A OBRA DO SENHOR NÃO IMPORTA O VALOR:

ABENÇOE A OBRA DO SENHOR JESUS E NOS AJUDE A MANTER ESTA RADIO NO AR NÃO PODEMOS MANTE-LA SEM SUA AJUDA:

caixa econômica
agencia 0738 DG 013
conta poupança 00089086 DG 8
beneficiário
Jefferson Ribeiro de Carvalho

DEUS ABENÇOE A TODOS

domingo, 8 de abril de 2012

Vivendo um casamento dentro da palavra de Deus.


Vivendo um casamento dentro da palavra de Deus.

Aceite seu esposo(a) do jeito que ele(a) é sem questionar as diferenças, mas aprendendo a viver com ele(a) no seu dia a dia.

“Não se porta com indecência, não busque os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;” (I Cor. 13:5)

 (para que assim possa viver uma vida em paz em Cristo e no seu lar, uma vida saudável sem discórdia ou acontecimentos embaraçosos e aprendendo a confiar um no outro.)

O casamento tem três pilares de sustentação: fé, comunicação e sexo.

“Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe, e se unirá a sua mulher: e serão dois numa só carne.” (Efésios 5:31)

1° pilar é a Fé:

A fé entre o casal é o que chamamos de planos.O casal faz planos juntos, não separadamente, usando assim a sua fé, para que aquele projeto seja realizado em suas vidas:

EX: { o casal planeja a compra de uma casa, mas a compra de sua casa está sendo planejada para ser pagas em parcela}, o casal já esta colocando sua fé em ação, crendo que ficará  juntos tempo suficiente para seus projetos serem realizados, e que nada irá apagar seus sonhos, mas irão conseguir  juntos quitar sua casa, mostra que seu casamento vai longe e não irá durar apenas algum tempo isto é usar a fé. (a compra da casa é apenas um exemplo de que um casal que fazem planos tem fé que seu relacionamento irá longe e não apenas alguns dias)

2° segunda pilar a Comunicação:

 A comunicação entre o casal é algo fundamental, nunca, jamais poderá faltar diálogo entre um casal, o casal deve se relacionar entre si não apenas no sexo ou durante o sexo, mas em todo o tempo, dividindo assim o fardo de um casamento, que para um poderá ser pesado, mas se tiver diálogo e dividir um com o outro seu planos, projetos, dividas, lutas e felicidade este casal tem a tendência de ser um casal feliz e ter um lar mais estável, onde estarão vivendo além de estar dentro da palavra de Deus que diz que somos uma só carne.

3°Pilar o sexo:

 O sexo entre o casal deve ser puro e sincero e aberto para novas oportunidades , pois o homem e a mulher têm desejos e fantasias que só serão reveladas se tiverem intimidade entre si. O sexo só  estará satisfazendo o casal se ambos estiverem intimidade e seus pilares estiverem sendo colocado em ação (fé, comunicação e sexo) porque se o casal tiver diálogo entre si quando estiverem em seu quarto terão confiança ao se comunicar sobre como se interagir no momento do sexo, mas se o casal não tiver privacidade não terão intimidade durante o sexo.

“Há alguém que falam como que espada penetrante, mas a língua dos sábios é saúde.” (Prov. 12:18)

Evitem acusações ou palavras pesadas em uma conversa quando ambos estão alterados (nervosos). EX: só você faz isto. Sempre é do seu jeito. Todas as vezes você faz isto.

 Isto é afirmativa muito provocativa quando um casal tem algum conflito. Deve entrar em seus aposentos sentar e colocar suas diferenças uns para os outros e sem alterações, conversar ( onde entra o pilar diálogo ou comunicação), colocando em pratos limpos suas diferenças, e assim entrarão em acordo e se unirão novamente sem a necessidade de discussões, e,  é ai que entra o amor, porque o amor supera todas as coisas.

“Semelhante, vós mulheres, sede sujeitas aos vossos próprios maridos; para que também, se alguém não obedece a palavra, pelo porte de suas mulheres sejam ganhos sem palavras;”(I Pedro 3:1)

Esta palavra diz, que a mulher deve ser sujeita a vossos maridos, ou seja, respeite-o em todos os aspectos e procure ajudá-lo no que for preciso ou vice e versa, pois a palavra de Deus diz: que ambos é uma só carne, então vocês marido seja sujeito a vossas esposas, ajudando elas em tudo quanto for necessário, assim estarão mantendo o cálice do amor transbordando em seu casamento, quando você marido estiver errado admita logo o seu erro e quando você mulher estiver errada admita logo seu erro, assim, mostrará a confiança no julgamento de seu esposo ou esposa, que saberá julgá-la(o) dignamente pela  vossa sinceridade dentro da palavra do Senhor. Fazendo isto estarão cumprindo a palavra do Senhor que diz: que devemos fazer ao próximo o que queremos que façam a nós.

“Porque o Senhor, o Deus de Israel diz que aborrece o repúdio e aquele que encobre a violência com a sua roupa, diz o Senhor dos Exércitos; portanto, guardai-vos em vosso espírito, e não sejais desleais.” (Malaquias 216)

Feche a porta do divórcio e da traição em seu casamento, o Senhor diz que :se aborrece quando repudiamos nossas esposas ou a tratamos com violência encobrindo com vestes. Saibais que a violência não é apenas física, mas também verbal, devemos saber tratar nossos(as) esposos(as), e é obrigatóriamente que um casal venha se casar perante as leis dos homens e perante as leis de Deus para sair do pecado, pois o Senhor nos ensina que quando estamos amigados estamos debaixo do pecado, porque por não sermos casados e estamos nos relacionando (fazendo sexo) é como se estivesse fazendo sexo fora do casamento, ou seja, estamos em prostituição, Também diz o Senhor:  vossos maridos sejam fiéis a vossas esposas e esposas sejam fiéis a vossos maridos para que não sejais desleais um com o outro porque não provém do agrado de Deus.

 “Assim não são dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajunta não o separe o homem” (Mateus 19:6)

O casamento é muito sagrado para o Senhor, podemos dizer até que é uma instituição para o Senhor. Desde o começo da humanidade, Deus criou o homem e viu que o homem precisava de uma adjuntora então fez cair em um profundo sono e tirou do homem uma costela e dela fez a mulher, mas Deus não fez a mulher para que o homem possa ficar trocando de esposa, se fosse este o caso não teria feito apenas Eva, mas também a Juliana, a Rebeca, A Sara para que Adão pudesse ficar trocando, não é verdade? Mas pelo contrario, o Senhor fez apenas a Eva e a deu como mulher, não é diferente em nossas vida, o Senhor Deus nos deu apenas uma esposa e a ela devemos amar, projetar-mos juntos nossas vida, amarmos um ao outro,  passar pelas lutas juntos, passarmos pelas alegrias juntos e constituir uma família para continuar nossa descendência na terra, jamais em hipótese alguma devemos procurar outra mulher fora de nosso casamento, porque este ato não provém de Deus, mas sim do espírito da pomba-gira que está ai no mundo tentando destruir todos os casais através de traição e prostituição.

“Vós mulheres, sujeitai a vossos maridos, como ao Senhor; porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo este mesmo salvador do corpo. Assim também vós, cada um em particular, amem a sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher reverencie o marido” (Efésios 5:22,23,33)

Este é um padrão deixado por Deus para cada casal, que não se levante o marido contra sua mulher e nem a mulher contra seu marido, mas sim, respeitem de igual modo ambos os sexos os lados do casamento, pois diz o Senhor que nos criou, que somos uma só carne. Se o marido se levantar contra a vossa mulher estará se levantando contra si mesmo e se a mulher se levantar contra seu marido estará se levantando contra si mesma porque é uma só carne, uma só unção e uma só pessoa. O casal deve amar a cada um em particular assim ame o homem sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher ame a seu marido como a si mesmo sendo reverente segundo a palavra de Deus.

“Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como a seu próprio corpo. Quem ama a sua mulher, ama a si mesmo.” (Efésio 5:28)

Nós homens devemos tratar nossas esposas da mesma forma e carinho que queremos ser tratados, de que adianta tratarmos nossas esposas de qualquer maneira e exigirmos que nos trate com retidão e submissão se nós mesmos não assim o fazemos. Toda esposa necessita de gentileza no falar, no gesticular, no agir. Nestes pequenos atos ganhamos a confiança de nossas esposas e elas passam a confiar em nós a cada dia mais, mas se nossos atos são brutos não conquistaremos a confiança de nossas esposas nem o carinho, o que conquistaremos é só o temor, peça fundamental onde muitos casais hoje estão se separando, a mulher precisa encontrar em nós marido a confiança de um amigo. Porque a confiança de um amigo? Quando confiamos em um amigo contamos nossos segredos e sentimentos, você pode dizer hoje que você é amigo de sua esposa?

Outro fato importante, toda mulher necessita viver uma paixão, um compromisso, uma vida estável, não uma estabilidade financeira, mas uma estabilidade amorosa, quantas mulheres hoje em dia não procuram se aventurar fora do casamento por não encontrar uma paixão em sua vida conjugal. O sexo não pode ficar apenas no arroz com feijão ,tem que ter novidades, temos  que conquistar nossas mulheres dia após dia, o sexo não começa na cama, começa quando você acorda pela manhã, com um bom humor, um abraço carinhoso, um dia de afeto, um dia de atos e feitos motivacionais ,quanto tempo faz que você não faz um café da manhã para sua esposa?

 Ou leva ela ao cinema, a uma lanchonete ou um restaurante?

 Quanto tempo faz que você não diz para sua esposa que você ama ela, mas não da boca para fora, mas sim de dentro de sua alma, onde faz com que ela se alegre e sinta seu amor em suas palavras e segurança de estar ao seu lado?

 Quando foi o ultimo dia que você parou e disse hoje vou tirar o dia para realizar os desejos da minha esposa?

 A mulher precisa se sentir segura até mesmo durante o sexo, e para você fazer um sexo com a segurança de satisfação de ambos os lados, você deve começar a programar desde o momento em que você acorda, assim também deve fazer as mulheres com seus maridos, assim estarão felizes em seu casamento e também estarão felizes na presença de Deus porque um casamento sadio e sabendo viver também beneficiará sua vida espiritual, estando seu corpo e mente alegre, significa que a casa do Espírito Santo está alegre, não é assim que diz a palavra do Senho? que somos as moradas do Espírito Santo (seja feliz em seu casamento, seja feliz  na casa do Senhor).

*”Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros. De sorte que haja em voz o mesmo sentimento que também houve em Cristo Jesus,” (Filipenses 2:4,5)

Este versículo nos mostra que existe vários tipos de pessoas, e cada pessoa tem uma necessidade diferente, e muitas das vezes são diversificadas, ou seja, tem mais de uma necessidade. Um casal desta forma vive por si e pelo seu cônjuge, não apenas por si mesmo o homem tem que saber quais são as suas necessidades e reconhecer as necessidades de sua esposa assim ou vice e versa. Assim ele(a) saberá lidar com suas próprias diferenças e administrar as diferenças de seu cônjuge , aprendendo a viver com elas, tornando seu casamento mais sólido e feliz. Caso você não saiba as necessidades que seu(a) parceiro(a) necessita no casamento, e tem passado por provas na família, o conselho  é sentar em harmonia e conversar e colocar cada um a sua necessidade para que o outro possa entender e ajudar a superar esta barreira,  fazendo isto,  as barreiras de seu casamento cairão por terra e você passará a administrar melhor seu casamento e será bem mais feliz.

“Igualmente vós maridos, coabitai com entendimento, dando á mulher, como vaso mais fraco; como sendo vós os seus co-herdeiros da graça da vida; para que não sejam impedidas as vossas orações.” (I Pedro 3:7).

As pessoas têm necessidades diversificadas. Entre elas:

 Expressões de amor é uma necessidade entre o casal, doações de afeto de ambas as partes, também são necessidades entre o casal, isto fará com que ele(a) se sinta melhor e mais seguro (a). Quando começamos fazer doações de afeto para com nossas esposas nós passamos a viver um casamento mais feliz, quando reconhecemos que a mulher é um ser mais frágil e que precisa de mais atenção, mais carinho, mais amor, e passamos a dar para ela estas doações diária de afeto, nosso casamento passa a ser mais feliz, e, ainda que esteja em crise  ela acaba, porque nós estamos fazendo nossa parte com ela ,assim o mesmo com as mulheres com pequenas doações de amor, afeto, carinho ela pode mudar o coração de um homem e tendo um casamento unificado em uma só carne, Deus escuta e atende nossas orações; a Bíblia nos ensina que se não estivermos em harmonia em nosso lar com nossas esposa e filhos, nossas orações não são escutadas por ele. Temos que ter em mente que a mulher é um ser mais frágil e necessita de mais atenção de nossa parte, e não podemos ser ignorantes e sim amorosos e pacientes, fazendo por onde entender esta fragilidade como uma necessidade básica das mulheres, onde devemos atender diariamente, com gesto de carinho, afeto, amor, mostrar interesse, prestar mais atenção, ouvi-las e entender suas necessidades, assim como nos ensina o Senhor.

“ Mas todo homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar.” (Tiago 1:19,20)

Existem pessoas que necessitam ser lembradas, valorizadas, acariciadas, para se sentirem uma pessoa desejada, principalmente as mulheres por ser um sexo frágil, não devem ser lembradas apenas na cama, mas também no dia a dia, uma forma de ser lembrada é receber um presente, um abraço carinhoso, um gesto de amor, estas são apenas algumas formas de lembrar de alguém e fazer este alguém uma pessoa desejada.

“Seja bendito seu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade.” (Provérbios 5:18)

Temos que nos alegrar com a mulher de nossa mocidade, a mulher que tem nos preparado o Senhor, pois toda preparação de Deus é perfeita não devemos nos apressar, mas sim esperar no Senhor e teremos o que é de melhor vindo direto do trono da glória, quando chega esta preparação temos que ter em mente que aprender a ouvir o cônjuge é muito parecido com o aprender outras línguas, temos que nos empenhar para aprendermos, por exemplo, você não aprende a falar inglês em um dia, com a mulher que preparou Deus para nós não é diferente,  não aprendemos sobre ela em um dia,  temos que nos empenhar aprendendo a ouvi-las, entende-las, atender as suas necessidades e principalmente aprendermos a viver em sintonia com nossas parceiras, estes gestos servem para ambos os sexos.

“O amor não seja fingido”. Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem. (Romanos 12:9)

É sempre inteligente declarar sua apreciação pelas coisas boas que seu cônjuge faz, e com sinceridade. Fazer alguém feliz pode significar às vezes abrir mão do bem estar pessoal, momentâneo, como por exemplo: o comodismo, preguiça, egoísmo e principalmente o orgulho.Se deixarmos o orgulho tomar conta de nós, nunca conseguiremos fazer que a esposa(o) sinta feliz, porque não estaremos enxergando claramente,  mas apenas estaremos vendo nossa parte e esquecendo o nosso cônjuge e assim poderemos não apenas machucar nosso cônjuge como podemos estar matando nosso relacionamento.

“Andai em amor, como também Cristo vos amou e se entregou a si mesmo por nós em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave.” (Efésios 5:2)

Em um casamento temos que nos entregar de corpo e alma, não apenas de aparência, doando nossa vida para que a outra seja feliz,  muito casamento é destruídos por não entregarem ambos de coração como fez nosso Senhor Jesus Cristo por mim e por você, se cada parte se entregar em sacrifício um pelo o outro, veras e terás um casamento feliz e abençoado, porque estarão disposto a abrir mão de coisas que impeça a felicidade do casal, tipo o orgulho, a ignorância, a desconfiança  porque um casal que não existe confiança esta fadado a falhar, e não terá um bom futuro pela frente, terá apenas desilusões e é ai que o diabo entra, para destruir a união são pequenas brechas que passa desapercebido,  que para o diabo é um portão de oportunidade para destruição conjugal.

“O que você diz pode salvar ou destruir uma vida”. Portanto, use bem as suas palavras e você será recompensado. “Sejam agradáveis as palavras da minha boca e a meditação do meu coração perante a tua face, Senhor rocha minha e Redentor meu!” (Salmos 19:14)

Nós devemos estar vigilantes com nossas palavras de dia e de noite, para que não possamos através de nossa língua vir matar nosso cônjuge, e nem ferir quem nós amamos, pois uma palavra pode colocar tudo que investimos em nosso relacionamento a perder, podemos matar a esperança futura ou nossos planos, devemos nos examinar diariamente, nossa lista de palavras e nosso vocabulário para não estarmos com palavras pesadas em nossa língua, temos que nos auto- corrigir e toda vez que usarmos expressões pesadas, que possamos nos desculpar com nosso lado ofendido, para não matarmos quem está ao nosso lado.

“Da soberba só vem a contenda, mas os que se aconselham se acha a sabedoria.”(Provérbios 13:10)

Não podemos ser arrogantes, pois a arrogância fará e trará contendas para seu lar, a arrogância é o meio mais fácil de destruir um relacionamento porque através da arrogância o homem fica cego e é onde começa as desavenças, as brigas, as desconfianças, ciúmes e termina com o fim do relacionamento, mas se andar em sabedoria, vigiando com vossa língua e vossos gestos, seu relacionamento só tem tendência a crescer e o amor se fortalece, dando assim estabilidade entre o casal, e uma vida feliz e em comunhão com Deus, porque sua comunhão com Deus começa dentro de seu lar, não tem como agradar a Deus se não consegue ter uma vida agradável em seu lar, Deus não habita em um lar desfeito, porque onde ele entra existe uma diferença e quando Deus entra em seu lar, seu lar passa a ser abençoado, seu esposo abençoado, sua esposa abençoada, seus filhos abençoados e os frutos de suas mãos também passa a ser abençoado por Deus, um casamento feliz é um casamento dentro dos padrões de Deus.

“Ataque o problema, e não ao outro. “Tem visto um precipitado no falar”? Maior esperança há para tolo do que para ele.” (Provérbio 29:20)

Os problemas não podem ser acumulados para depois ser descarregados sobre o outro. Enfrente e resolva-os com maturidade.  Não guarde para si os problemas, para isto você tem seu cônjuge para lhe ajudar e caminhar ao seu lado, ajudando a resolver os problemas que surgem entre uma vida  a dois,  após você se casar você deixa de ser um ,mas passa a viver uma vida a dois e seus problemas para de ser seu problemas, e sim, problema do casal, onde deverão tomar as decisões juntos e resolver juntos os vossos problemas, como se fosse uma só carne, uma só vida e uma só pessoa.

“Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem às fontes da vida. Desvia de ti a falsidade da boca, e afasta de ti a perversidade dos lábios.”*(Provérbios 2:23,24)

A Bíblia nos ensina, que nossa boca fala do que este cheio o nosso coração, então apenas guarde em seu coração as boas coisas, e, deixe as ruins de lado, não dando espaço para a perversidade, guarde em seu coração as coisas que vem de Deus, pois tudo que vem de Deus é bom e faz bem para você, sua família e seu coração, assim terão em seus lábios as mais doces e puras palavras e desta forma não atingirá o próximo, mas pelo contrário, estará sempre pronto a aconselhar a família e os que estiverem em volta com amor e temperança.

“Expresse os sentimentos sem agredir o outro. “Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graças aos que a ouve.”(Efésios 4:29)

Seus sentimentos são suas necessidades e precisam ser expressos, mas cuidado ao expressar seus sentimentos, se expressado de forma errada pode ferir alguém, tome cuidado com o que você diz para que não seja, pesadas suas palavras, mas venha ser leves e doces, para assim transformar a vida em seu redor e não as matar, principalmente em seu casamento, se suas palavras não forem medidas, poderá matar seu cônjuge. Uma palavra sua pode acabar com seu casamento ou salvar em um momento de crise, pese suas palavras para que de graças aos que a ouve.

“Busque o melhor momento para se comunicar. “O que responde antes de ouvir comete estultícia que é para vergonha sua.” (Provérbios 18:13)

Em um relacionamento temos que saber a hora de falar e a hora de se calar, há tempo para tudo em um casamento e se este tempo não for respeitado seu casamento pode virar um fracasso, devemos falar apenas nas horas certas. Primeiro temos que ouvir com bastante atenção nosso cônjuge, analisar o que foi dito e só depois responder com sabedoria, se respondermos antes de ouvir (tomar atitude antes de saber o que esta acontecendo) podemos errar e errar feio, por são saber o que está no coração de nosso cônjuge, uma palavra fora do contexto pode ser fatal para uma discussão sem necessidade, ou até acabar com a esperança de um casamento firmado na rocha, análise sua palavra antes de responder para não errar no seu julgamento, busque sabedoria de Deus para seus julgamentos, assim estará fazendo o que é correto e certo diante de Deus, e, Deus lhe dará a instrução e a forma correta para proceder dentro da questão, nunca deixe de buscar de Deus respostas para seus dilemas, porque Deus tem o melhor conselho para lhe dar e só ele pode lhe ensinar qual o tempo de ouvir e qual o tempo de falar. Deus é seu socorro bem presente, ou seja, ele esta presente na vida do casal para ensiná-los e abençoá-los dia após dia.

“Aprenda a perdoar (esquecendo) para não criar raiz de amargura. Lembre-se de esquecer! “Todos os dias dos aflitos são maus, mas o de coração alegre tem um banquete contínuo.” (Provérbio 15:15)   

Todo casal deve em primeiro lugar antes de tomar qualquer decisão aprender a perdoar, sem o perdão o casal dificilmente irá progredir, pelo motivo de sermos falhos e não perfeitos. Deus é perfeito, o filho de Deus é perfeito o Espírito Santo é perfeito, mas nós somos falhos pois somos seres humanos, somos vasos de barro e como qualquer vaso pode ser quebrado e o inimigo de nossa alma nunca desistirá, até conseguir que o vaso seja quebrado ou rachado. Mas se praticarmos o perdão no nosso dia a dia, evitaremos de deixar esta brecha aberta e viveremos cada dia mais unidos em uma só carne, não deixe que o orgulho deixe você cego, aprenda a perdoar fazendo para com o seu parceiro(a) o que você gostaria que ele(a) fizesse para você EX: se quer ser perdoado por uma decisão mal tomada,  aprenda primeiro perdoar seu cônjuge, se quer ser respeitado aprenda primeiro a respeitar seu cônjuge e assim em diante.

“Um não deve atirar sentimento no outro. Busque trazer soluções quando apresentar os problemas (apontar erros). “O homem se alegra na resposta da sua boca, e a palavra, a seu tempo, quão boa é! (Provérbios 15:22)

Em um relacionamento entre um casal, ambos não podem ficar acusando um ao outro, pelo contrario, deve sim um ajudar o outro, e a melhor forma é sentar e resolver as suas diferenças como dois adultos maduros na presença de Deus, porque é bem fácil quando apontamos os erros dos outros e esquecemos que não somos perfeitos e também temos erros, o correto fazer é sentarmos um com o outro e expor nossos erros e falhas e confiar no julgamento de nosso cônjuge (sem confiança o casamento nunca prosperara) e antes de julgar ouvir bem o que esta sendo discutido, analisando e só depois feito um julgamento correto para evitar erros, o melhor meio de julgar alguém é perdoar este erros e ajudando assim resolver e juntos procurar a caminhar lado a lado em transparência, sinceridade e união, sempre em confiança para que o casamento não pereça. Cuidado quando for usar o humor para não aumentar a tensão.

“O coração do justo medita o que há de responder, mas a boca dos ímpios derrama em abundância as coisas más.” (Provérbios 15:28)

Procure sempre analisar os erros do seu cônjuge com justiça e amor, e sempre analisando sua resposta, meditando assim no Senhor que é justo e fiel e lhe dirá qual a decisão acertada a tomar, não saia respondendo o que vier em sua cabeça, pois assim quem faz são os ímpios e os perversos de coração, seja correto com seu cônjuge assim como o Senhor  é conosco rico em misericórdia e pronto a perdoar aqueles que confessa seus erros perante ele.

Se quiser manter a chama e o cálice de seu amor sempre transbordando em seu casamento, não utilize em suas palavras sarcasmo um com o outro.

“A língua do sábio adorna a sabedoria, mas a bocas dos tolos derramam a estultícia.”(Provérbios 15:2).

No casamento a comunicação deve ser perfeita, adequada e prioritária, sem esta comunicação surgem duvidas, ranceios, medo, desconfiança, mas o casamento que existe dialogo jamais passará por este cálice, a confiança sempre prevalecerá porque o amor faz solicitações e não oposições.

“A morte e a vida estão no poder da sua língua; e aquele que a ama comera do seu fruto.” (Provérbios 18:21)

Quando você e seu cônjuge experimentar as adversidades, as lutas, as provas, as tentações desta vida não deves ficar preocupados, nem ansiosos de como fazer para suportar estas barreiras,saiba como procurar os conselhos de Deus, de como passar por elas e buscando sempre a Deus em oração, pois somos uma só carne e não estamos passando sozinhos, e sim, um ao lado do outro.Quando entrarem na presença de Deus não comunique a Deus o tamanho do seu problema, porque ele é maior que todos os seus problemas,  o seu poder é ilimitado peça apenas uma solução e ele lhe responderá com o que deverás fazer para suportar tamanha prova, olhe para seus problemas com seus olhos espirituais e diga para eles o tamanho do seu Deus.

“Não andeis ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e suplicas, com ação de graça, sejam as vossas petições conhecidas diante de deus.” (Filipenses 4:6)

 Escolha o momento perfeito e o local adequado para conversar com seu cônjuge, e lhe dizer o que mais lhe desagrada a você, o que está lhe incomodando, lhe ferindo ou lhe afastando de seu cônjuge, procure a hora e o local certo para terem este tipo de conversa, em caso de duvidas busque ao Senhor e ele lhe mostrará qual é o lugar e hora adequada para serem sinceros e colocarem as coisas em pratos limpos.

“A palavra branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira”. A sabedoria do homem lhe dá paciência; e sua glória está em esquecer ofensas. ”(Provérbios 15:1 19:11).

Concentre-se em resolver os problemas de incompatibilidade um com o outro, deixando de lado as coisas carnais e que não combinem com o casal, porque uma casa que não combine com o casal podem trazer muitas complicações para os mesmos, neste caso procurem ver no seu par o que ele (a) gosta e o que  não gosta, para que seja tirado de vossas vidas tudo o que possa ferir um ao outro, a melhor forma de saber o que é e o que não é, é o dialogo, se você não sabe o que seu cônjuge não gosta ou aceita converse com ele(a) ,para que  possa ter a liberdade de expor para vocêtudo o que precisa saber, principalmente em uma relação sexual, o casal deve estar em perfeita harmonia e nunca ser pressionado a fazer algo que não gosta, isto poderá estar matando o desejo e o fogo da paixão entre os mesmo.

“Porventura andarão dois juntos, se não estiverem de acordo?... tudo o que é verdadeiro, honesto, justo, puro, amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude e se há algum louvor, nisto pensai.” (Amós 3:3 /  Filipenses 4:8).

A Biblia nas ensina que não tem como duas pessoas andarem juntos em direções diferentes, mas sim só poderão andar juntos se andarem na mesma direção e em concordância. Assim também é com o casal, não poderão ter uma vida de casal e viver juntos se não aprenderem a andar na mesma direção, o casal deve andar sempre em comunhão e concordância tendo em mente que não são mais um e sim dois em uma só vida, vivendo em uma só direção, procurando sempre andar com os mesmos objetivos e propósitos diante de Deus.

O coração sábio buscará o conhecimento, mas a boca dos tolos se apascentará”(Provérbios 15:14).

Uma pessoa  não pode se deixar vencer pelo desespero, mas o vença pelo conhecimento da palavra de Deus que é vivificada a cada dia, esta é a maior arma que temos e quando agregada no nosso dia a dia tudo se endireita, conseguimos vencer as barreiras e lutas que passam pela nossas vidas.

A Biblia é para o crente uma arma e também um manual de sobrevivência, atravéz dela você vence lutas, grandes batalhas espirituais, onde poderá encontrar conselhos para todas as suas decisões, também como educar seus filhos, como tratar sua esposa, como criar sua familía, como andar em intimidade com Deus, e muito mais. A Biblia nos ensina tudo que temos que saber, para ter uma vida boa e agradável diante de Deus, mas em todas as lições e conselhos da Biblia para nosso casamento, o dialogo prevalece, pois está em todas as lições e por toda a parte, desde Abraão até a vinda de Cristo. Quando tinham qualquer problema, sentavam e dialogovam para tomarem a melhor decisão diante do problema, depois da vinda de Cristo não mudou, até Jesus quando tinha uma decisão a tomar sentava com os discipulos e dialogavam como deveriam fazer ou qual decisão tomariam para qual cidade deverião ir, e assim por diante, em nosso casamento também não é diferente, para tudo temos uma solução, e para cada solução temos duas pessoas que é o marido e a mulher. Porque devem estar em todas as decisões juntos?  porque estão vivendo uma experiência juntos, uma experiência que os une em uma só carne, em uma só vida, por este motivo é tomado todas as decisões juntos, para que o casal possa ser abençoado e possam andar juntos na terra, não poderas andar juntos se estiverem cada um em uma direção ou seja cada um com um pensamento. Unem-se o casal em uma só carne, um só espirito, uma só fé e terás um casamento próspero e abençoado na presença de Deus. Como tem percebido, o dialogo é a base mais forte neste ensinamento.  pelo simples fato de que é  atravéz do diálogo que a maioria de nossos problemas se resolvem, pois a comunicação é um processo lento de maturidade de compreensão e de se fazer compreender uns aos outros.

“Os labios dos sabios derramarão o conhecimento, mas o coração dos tolos não faz assim.”(Provérbios 15:7)

Gostaria de encerrar este estudo com citações de Jesus sobre o monte quando ensinava o povo, ele terminou seu ensinamento dizendo:

“Todos aqueles, pois que escuta estas minhas palavras e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente,que edificou a sua casa sobre a rocha. E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada na rocha. E aquele que ouve estas minhas palavras e as não cumpre, compara-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia. E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda”.(Mateus 7:24,27).

  Aprendemos com estes ultimos versiculos que não adianta nós passarmos horas ouvindo uma palestra, ou estudando, ou meditando na palavra de Deus, se não iremos colocá-la em pratica, o Senhor Jesus nos ensina que se não colocar-mos os seus ensinamentos em pratica estaremos edificando nossa casa na areia e ela ira cair, não tem como montar-mos estrutura em areia, mas se colocarmos os ensinamentos de Cristo nosso Senhor em pratica, estaremos edificando nossa casa na rocha, onde teremos estrutura para combater as adversidades desta vida e ainda que venha as lutas, e as provas, não pereceremos, pois nossa estrutura estara forte e edificada. Neste estudo aprendemos como manter um casamento dentro dos padrões de Deus, e como edificar nossa familia, e como tratar nossa esposa ou nosso esposo, como resolver problemas no casamento e muito mais. 

agora só depende de cada um colocar em pratica o que aprendeu com este estudo e não deixar na gaveta guardado, pois na gaveta não tera efeito em sua vida mas se em vez de guardar na gaveta colocar em pratica, suas vidas nunca mais serão as mesmas,  e terão mudanças significativas , vendo a gloria de Deus no seus lares.

 

EDITADO POR:

Pastor Jefferson Ribeiro de Carvalho  

2 comentários:

Jeferson Ribeiro disse...

Gostei do blog, vou voltar mais vezes. Pr.Jeferson Que Deus continue te abençoando cada dia mais.

Anônimo disse...

Pastor Jefferson... que maravilha de diretriz que o senhor esta transmitindo a respeito do casamento, pois eu aprendi na minha igreja que pastor nao da conselho e sim diretriz... que Deus continue abençoando a vida do senhor.